Filipe Barros destinou mais de R$ 24 milhões para a Saúde de Londrina

As emendas parlamentares encaminhadas pelo deputado federal Filipe Barros para a área da Saúde de Londrina somam R$ 24 milhões e incluem recursos para os maiores hospitais da cidade, para instituições assistenciais que prestam serviços clínicos e para o combate da Covid-19.


Os valores foram enviados entre 2020 e 2022 para aquisição de novos equipamentos, manutenção das instituições e serviços.


HOSPITAIS - Neste período, o Hospital que mais recebeu recursos por meio das emendas destinadas por Filipe Barros foi o Hospital do Câncer, com R$ 5,7 milhões. A instituição é referência no tratamento especializado do câncer e, além de Londrina, atende pacientes da região Metropolitana e do Norte do Estado.


A Irmandade Santa Casa de Londrina e o Hospital Evangélico receberam, cada um, R$ 4,9 milhões. Os valores devem ser aplicados no custeio da assistência de alta complexidade, ou seja, todo o conjunto de procedimentos autorizados no contexto do SUS e que normalmente envolvem alta tecnologia e altos custos.


Para o Hospital Universitário de Londrina, considerado o maior hospital público da região, Filipe Barros já destinou R$ 1 milhão, para a compra de novos equipamentos.


Por meio de emendas parlamentares do deputado Filipe Barros o Hoftalon recebeu R$ 800 mil em recursos que foram aplicados para aquisição de novos equipamentos para o centro cirúrgico e implantação de novos consultórios. O Hoftalon é o maior centro médico oftalmológico da região e é o único filantrópico.


SANTA CASA – A articulação do deputado federal londrinense Filipe Barros em apoio à Irmandade Santa Casa, que é o hospital mais tradicional da cidade fundado em 1.936, também abrange a agilização do funcionamento do novo bloco hospitalar que terá mais 220 leitos e foi construído com recursos federais.


“No início do mês passado, enviamos ofício ao Ministro da Saúde Marcelo Queiroga, solicitando a celeridade na aprovação do Plano de Trabalho do Convênio da Iscal, documento imprescindível para que o novo bloco, com mais 220 leitos, comece a funcionar.


Neste mesmo documento, reforçamos ao Ministro o pedido da Santa Casa de complemento de recursos financeiros para a construção de um heliponto, visando melhorias aos atendimentos de emergência. Também convidamos o Ministro Queiroga para uma visita técnica à Iscal, que faz em média mais de 250 mil atendimentos/ano e pode ter sua capacidade aumentada”, explicou Filipe Barros.


O Ministro da Saúde estará em Londrina nesta sexta-feira, dia 03, para vista à Santa Casa. A agenda de Marcelo Queiroga prevê ainda visita ao Hospital do Câncer e ao HU.


ASSISTÊNCIA - Além dos hospitais, entidades assistenciais que prestam serviços na área da saúde também receberam recursos por meio das emendas do deputado federal londrinense, como o Instituto Londrinense de Educação para Surdos, R$ 200 mil; Instituto Londrinense de Educação para Crianças Excepcionais, R$ 170 mil; Instituto Roberto Miranda, R$ 108 mil; Apae, R$ 104 mil; Associação Flávia Cristina, R$ 100 mil e APS Down, R$ 68 mil.


COVID - Filipe Barros destinou ainda, R$ 6 milhões para o enfrentamento à Covid-19 junto ao município de Londrina.


FILIPE BARROS PEDE APOIO DO MINISTRO DA SAÚDE PARA HOSPITAIS DA REGIÃO

O deputado federal Filipe Barros também enviou ofício ( 135/2022) ao Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, nesta quinta-feira (02/06) solicitando apoio e encaminhamento aos pedidos feitos por dois hospitais da região, o São Rafael, de Rolândia e o Cristo Rei, de Ibiporã.

O Hospital São Rafael pleiteia junto ao Ministério da Saúde a habilitação de 10 leitos para a Rede de Urgência e Emergência e o Hospital Cristo Rei pleiteia 9 leitos.

“São dois hospitais importantes para a região Norte e que prestam assistência para os pacientes do SUS, por isso nossa solicitação ao Ministro Queiroga”,a firmou Filipe Barros.





50 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo